• Conhea nosso canal no Youtube
  • Inscreva-se no noss Feed RSS de Notícias

Museu do Pênis??!

4 abr 2014     Sem Comentários    Publicado em: Artigo, Curiosidades, Destaque, Humor Sexy, Notícias, Site
museu do penis 3

The Iceland Phallological Museum, ou para se entender, o Museu do Pênis, está localizado na Islândia e é o primeiro e único do mundo! Se você nunca tinha pensado nisso ou já se perguntou se existia, tá aí, pode programar a viagem, ele existe! Lá encontram-se o exemplar de um pênis humano, o de uma baleia cachalote, pesando 70 kg e 170 centímetros e o menor, de 2mm pertencentes a um hamster e o curioso conjunto de moldes feito com as medidas da gloriosa seleção de handebol da Islândia, que ganhou medalha de prata na olimpíada de Beijing, em 2008.

A ideia surgiu gradualmente, diz Sigurdur Hjartarson. Ainda criança, em 1974, ele conta que ganhou o pênis seco de um touro, usado para atrair vacas a pastar. Quando professor numa escola, amigos traziam-lhe pênis de baleias, por exemplo, apenas por brincadeira. Mas a partir daí nasceu a ideia de que seria interessante colecionar pênis de outras espécies também. Em 1947 ele abriu o museu já com 62 exemplares e hoje conta com mais de 280 com ou sem a parte integral do pênis, de 93 espécies diferentes. Além disso, visitantes podem contemplar uma coleção com cerca de 300 ornamentos artísticos e utensílios relacionados ao tema.

museu do penis 2
Mas apenas em 2011 que Hjartarson finalmente conseguiu adicionar à coleção o que faltava: o pênis humano. Desde 1996, um amigo afirmara por escrito que doaria o órgão assim que morresse, afinal, não precisaria mais. Mas o amigo com mais de 90 anos não morria, o que trouxe preocupações ao museu que ainda não tinha o órgão do Homo sapiens sapiens! Até um documentário, The Final Member foi gravado e ganhou alguns prêmios pelos festivais em que passou, onde foi bastante elogiado pela crítica pela abordagem cômica e irônica da situação. O filme mostra a corrida para definir de quem pênis seria o primeiro pênis humano a ser exposto no museu. Não fique surpreso pois sim houve disputa: o americano Tom Mitchell mostrou-se interessado em doar seu pênis, e ainda vivo! Mitchell parece ter um verdadeiro amor por seu pinto de 17 centímetros, que ele chama de Elmo, e doá-lo ao museu é a maior prova disso. Houve mais participantes mas não foi necessário pois Pall Arasson, que já havia prometido, morreu em 2011 com 95 anos, e teve a honra de ter “seu Elmo” como o primeiro pênis humano exposto no primeiro museu de pênis no mundo!

Vale a pena conferir o site do Museu: http://www.phallus.is/en/, e se ficou mais interessado na história da corrida, ou triste porque não participou, pode assistir o trailer do filme, que será lançado em abril desse ano: https://www.youtube.com/watch?v=sZMaheZ_Iy0

Alguma coisa pra falar? Vá em frente e deixe um comentário!

Obs: também odiamos SPAM, seu e-mail não será repassado para ninguém.

* Necessário